Piercing no Septo

O piercing, assim como a tatuagem, é uma forma de expressar no corpo o que sentimos e o que queremos que sintam ao nos ver.

Cada tipo de piercing precisa de um cuidado especial, no geral, a dica é pesquisar e conhecer antes o local onde você pretende fazer o furo

.De preferência escolha um bom profissional, converse com pessoas que já furaram naquele ambiente e pergunte se tiveram algum problema.

A cicatrização pode ser muito dolorida por causa da grande quantidade de terminações nervosa na área.

Ele  é muito frequente nas culturas guerreiras, e talvez seja justamente por produzir arrepios ao vê-lo. Na Nova Guiné é muito comum usar piercings com ossos e colmilhos de porcos, por exemplo o “Otsj”, um grande tampão de osso que chega a medir 25 milímetros de diâmetro. Geralmente o “Otsj” era de ossos de perna de porco, mas algumas vezes algum guerreiro mais ousado usava ossos de inimigos derrotados…

Na Papu Nova Guiné, é normal a perfuração do septo nasal como ritual de iniciação que dependendo da cultura irá mudar a idade.
Os astecas também usavam esse tipo de piercing como jóias feitas de ouro e jade para mostrar posição social. Também os índios Kuna usavam grossos anéis de ouro.

Na minha opinião o que vale é se você realmente quer ter um , eu não tenho e particularmente esse é um piercing que eu não colocaria mas cada um tem sua identidade e gostos se você gosta vai em frente 😀

Fiquem com algumas inspirações …

Até mais

Fran Cerezer

https://www.facebook.com/fran.cerezer

Obs: Procure sempre um profissional ,não vai tentar fazer em casa ou deixar um amigo fazer né ?? hehee

Anúncios

Um comentário sobre “Piercing no Septo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s