Roupa curta, sair com quem quiser? Quem ela pensa que é?

Quando se vê uma menina com uma roupa curta, beijando várias pessoas em uma balada, ou seja, lá o que for, vai ter sempre alguém pra dizer: “vadia”, “sem-vergonha”, “não se dá ao respeito”.

Quanto às roupas, isto vem de acharmos sempre que temos de ficar resguardadas, nos cobrindo, uma ideia de preservação um tanto antiga em que achamos que nossos corpos são apenas para a sedução e que isso é errado. Mas temos de nos lembrar de que nem sempre há a intenção de provocar algo no outro, as pessoas usam roupas curtas, muitas vezes porque se sentiram bem ou bonitas. Roupas não são convites a nada, só apenas roupas.

Quanto àquela menina que saiu com um ontem, outro hoje… Qual o grande problema, em que isto te afeta? Estamos tão acostumados a tomar conta da sexualidade de mulheres e de cobrar que elas ajam de acordo com um padrão da sociedade, que nos esquecemos de que as ações dela não interferem em nada na sua vida. Fazendo este tipo de cobrança ou vigilância, estamos apenas reproduzindo preconceitos de épocas antigas (em versão 2.0).
Sempre que entramos neste tipo de assunto, alguém diz que “mulher tem de se dar ao respeito” ou “respeitar a si mesma”. Mas já parou pra pensar que é você quem está incomodado (a)?

Já que a moça decidiu usar o que quiser e fazer o que quiser e está agindo conforme a vontade dela? Não tem essa de se dar ao respeito, cada um que respeite as escolhas do outro.

Matéria: Taís Nascimento
Pessoa linda que leu: VOCÊ! 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s