A moda e os modos

A sociedade em geral costuma dizer que ter um estilo alternativo é fase. Realmente, para várias pessoas, a adoção de um estilo é uma fase que dura um ano, um mês, o tempo de uma tendência.

Para muitos, ser alternativo não é uma escolha; é um destino. E para esses poucos destinados a andarem fora do maistream, é uma fase de uma vida inteira. Nesses casos, não é apenas um estilo de vestir, mas de viver.

pluslistras-mds

E para esses há todo um universo de dificuldades para se manter alternativo. Poderia tratar de vários aspectos, como o preconceito, o isolamento, mas nesse texto focaremos no aspecto do acesso à moda alternativa.

Antes da facilitação ao uso da internet, era muito mais difícil ter acesso a roupas mais específicas, maquiagens, acessórios. Isso fazia com que muitas vezes algumas culturas alternativas fossem restritas a um menor nicho social. Você precisava de muito dinheiro para encomendar suas roupas, elas eram mais restritas a poucas lojas e consequentemente, mais caras. É a lei da oferta e demanda.

6a62d68cbab923f64eb966282c2f67fa

Essa dificuldade não é coisa antiga. Podemos dizer que ela perdurou até o final dos anos 90, início do século XXI. O que mudou a realidade dos alternativos foi a facilidade do acesso à internet e o despontamento das redes sociais, o que colaborou muito com a divulgação da moda alternativa e e-comerce. Com a comunicação em massa promovida pela web, houve uma massiva divulgação de todos os meios de vida alternativos e também ficou fácil vender para todas as partes do globo com um click.

A internet e a exposição da moda alternativa também atraiu o mainstream. E muitos torcem o nariz para quando o que é restrito vira moda.

Quando alguns aspectos de alguma cultura alternativa são adotados pelo mundo da moda ou da indústria cultural, muitos outros traços dela são assimilados e difundidos no meio social. Isso pode ser positivo para os adeptos do estilo em questão ou não.

O lado positivo é a maior facilidade para encontrar roupas e acessórios que agradem os fãs alternativos. Além da facilidade, há a diversidade e também a possibilidade de se pagar bem menos pelo item em questão.

Por exemplo: batom preto. Se antes uma garota que adoraria pintar seus lábios de preto tinha apenas duas opções, que eram ou pagar rios de dinheiro por um batom importado, ou se virar com sombra e lápis de olho, atualmente, ela encontra batons de várias marcas e modelos, liquido ou bastão, preços totalmente acessíveis, tanto na internet, quanto em lojinhas de maquiagem.

tumblr_ns7u1pLaMc1u5bh2fo1_500

Muitos vêem isso como algo positivo. Outros acham que é porque a coisa virou modinha. Modinha ou não, atualmente pode-se dizer que a moda alternativa foi adotada pelas indústrias de roupas e acessórios e vendem bem.

By: Eloh

Revisão: Taís Nascimento

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s